(21)967799584

NO AR

Estrela Nova

www.estrelanovaweb.com

Brasil

Império Serrano questiona e canta a vida no carnaval do Rio a partir da música de Gonzaguinha

Publicada em 31/01/19 as 18:56h por Estrela Nova - 4 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Estrela Nova)

Para muita gente, em uma escola considerada tradicional como a Império Serrano, é uma loucura trazer como enredo e samba-enredo uma música de Gonzaguinha, “O que é, o que é?”. Mas o carnavalesco Paulo Menezes afirma que se trata de uma retomada da ousadia característica da verde e branco de Madureira. Sim, houve resistência no início, mas agora a escola está certa que essa inovação pode dar samba e levar a uma boa colocação no carnaval de 2019.

Em sua segunda passagem pela escola, Menezes conta que ideia de fazer um enredo sobre a vida a partir da música de Gonzaguinha é antiga, com mais de dez anos. E que agora era o momento exato para a Império dar a volta por cima.

“Enfrentei críticas, resistência e preconceito. Mas toda inovação traz esses sentimentos. Aconteceu com Joãosinho Trinta quando levou mendigos para a Sapucaí, com Paulo Barros com as alegorias vivas e até com Dona Ivone Lara, a primeira mulher a integrar a ala de compositores da própria Império. Acredito que esse é o momento de inovar. O carnaval não pode ficar estagnado. A Império está no momento de arriscar”, destacou o carnavalesco.

A letra da música é a original, mas para se adequar ao desfile, a melodia sofreu alguns ajustes. Mas como o enredo foi escolhido em abril, segundo Paulo Menezes, houve tempo suficiente para ajustes. E diz que a Império vai apresentar um carnaval moderno, menos barroco, menos tradicional, diferente do que vinha mostrando, mas mantendo as características da escola.

Seguindo os passos de Gonzaguinha

Coincidência ou não, a Império conquistou seu último campeonato no Grupo Especial justamente quando a música de Gonzaguinha estourou, em 1982 – antes da construção do Sambódromo. E para fazer o carnaval de 2019, Menezes seguiu os passos do compositor e também fez uma pesquisa popular para saber o que as pessoas entendem e esperam da vida.



“Deu para perceber que o mundo mudou dos anos 80 para cá. Mas a essência das pessoas continua a mesma, desejando a mesma coisa da vida: saúde, amor, harmonia em família”, disse Menezes, que vai se baseou nessa pesquisa para dividir o enredo em setores.

A Império abre o desfile com a visão da ciência sobre a vida, como ela nasce e é explicada. Logo em seguida, parte para apresentar os conceitos que as principais religiões – catolicismo, islamismo, judaísmo, budismo, candomblé, entre outras – têm da vida.

“No terceiro setor, abordo o que é a vida para o homem. Na minha pesquisa descobri que as pessoas enxergam a vida como um tesouro, um presente, um jardim. Vai ser a parte mais poética e lúdica do enredo. No quarto setor, falo da dicotomia da vida, o lado bom e o ruim, a guerra e a paz. Mostro que a vida é ilusão, mas que a ilusão pode se transformar em realidade, mas sempre com uma mensagem alegre e positiva”, enfatiza o carnavalesco.

Menezes reserva o lado lúdico e poético do enredo à "pureza da resposta das crianças", onde explora a renovação e a esperança de uma vida melhor. Mas também faz uma crítica aos governantes que, por exemplo, não cuidam da saúde e tratam a população como palhaços.

Homenagem e emoção

Mas muito além da crítica, o último setor da escola vai fazer uma homenagem à grande dama da escola, a primeira mulher da ala de compositores, Dona Ivone Lara, que morreu em abril passado, aos 96 anos de idade.

“A vida para uma escola de samba é o próprio desfile na Sapucaí. E o que ela mais espera da vida é poder voltar a ser protagonista da festa, volta a ganhar o carnaval. Diria que vai ser o setor mais emocionante da escola, que traz o legado de Dona Ivone Lara, que pode se tornar imortal pelo legado que deixou. Sua obra a faz sempre presente. Será uma homenagem bem singela, no setor que vem com as velhas guardas e a ala de compositores. E a família dela virá na última alegoria”, disse o carnavalesco, que quer fechar o desfile com muita emoção.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
 
Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Instagram
 Youtube
 Facebook
 Twitter







.

LIGUE E PARTICIPE

Visitas: 10304
Usuários Online: 13
Copyright (c) 2019 - Estrela Nova